Bernard pede apoio e não teme jogo feio na estreia: “1 a 0 é goleada"

Para jovem meia-atacante, não adianta equipe surpreender taticamente dentro de campo e acabar perdendo o jogo

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

ESPORTES - RIO DE JANEIRO RJ - BRASIL - 8.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Treino da Selecao Brasileira de futebol na Granja Comary em Teresopolis RJ. Na foto, Bernard do Brasil.
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - RIO DE JANEIRO RJ - BRASIL - 8.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Treino da Selecao Brasileira de futebol na Granja Comary em Teresopolis RJ. Na foto, Bernard do Brasil. Foto: Douglas Magno / O Tempo

Na próxima quinta-feira, a seleção brasileira entra em campo para sua estreia na Copa do Mundo. O primeiro compromisso da equipe mais vitoriosa da história dos mundiais é contra a Croácia, na Arena do Corinthians, em São Paulo. A expectativa para este duelo é bastante grande, principalmente em relação ao comportamento da torcida brasileira e também ao desempenho dos comandados de Felipão.

A julgar pelas dificuldades encontradas pela seleção brasileira diante da Sérvia, o duelo com a Croácia promete ser ainda mais complicado. Já precavido, o meia-atacante Bernard espera que o time corresponda dentro de campo. Mas ele também está convicto de que o mais importante neste momento é deixar a Arena do Corinthians com os três pontos, nem que para isto seja necessário ‘jogar feio’.

“Eu acho que não existe jogo fácil. O jogo contra a Sérvia foi complicado, é uma seleção bastante equilibrada, que soube marcar forte. A Croácia vai ser da mesma maneira,. Eles também tem os mesmos objetivos que nós temos”, afirmou.

Por esta mesma razão, o apoio da torcida brasileira será fundamental para furar o forte bloque da equipe europeia.

“O importante é estar centrado, buscar os três pontos logo na primeira partida. A torcida vai estar presente, vai nos ajudar a sair com a vitória. Neste momento de estreia, não adianta a gente surpreender dentro de campo e acabar perdendo o jogo. 1 a 0 para a gente é goleada”, concluiu. 

Leia tudo sobre: seleção brasileiraCopa do Mundobernardestreiacroácia