Messi e companhia no terreiro do Galo

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Sem oba-oba. Imagem à esquerda mostra como estava o pórtico antes
Reprodução/Twitter
Sem oba-oba. Imagem à esquerda mostra como estava o pórtico antes

É um time que tem grandes nomes do futebol mundial, é favorito à conquista da Copa do Mundo e é comandado por ninguém menos do que Lionel Messi. Além dele, jogadores como Dí Maria, Agüero e Higuaín causariam inveja em qualquer outra equipe do mundo. É com todo esse status que a seleção da Argentina desembarca no Brasil hoje, às 19h10, no aeroporto de Confins, e segue rumo à Cidade do Galo, em Vespasiano, onde vai ficar hospedada durante a maior competição futebolística do planeta. O CT atleticano, desde o dia 29 de maio, se transformou na “Cidade da Argentina”. As cores do alvinegro foram substituídas pelo azul-celeste dos hermanos, que vão atrair os olhares do mundo para o centro de treinamentos do Atlético. A expectativa é que 150 jornalistas de diversos países participem da cobertura diária da bicampeã mundial. O local também vai atrair os olhares dos moradores de Vespasiano, de localidades vizinhas, dos torcedores da Argentina e de qualquer pessoa que goste de futebol, já que qualquer apaixonado pela bola gostaria de um contato ou de assistir a um treino de Lionel Messi e sua turma. A confiança dos argentinos de fazer uma grande participação no torneio da Fifa pode ser constatada nas mensagens impressas nos cartazes espalhados pelo CT alvinegro. Logo no portão de entrada, os argentinos encontrariam uma mensagem de boas-vindas e de saudação aos “futuros campeões”. Porém, o clima de oba-oba não foi bem visto pelos hermanos e a mensagem foi alterada ontem. Se a equipe conta com jogadores que estão entre os melhores atacantes do mundo da bola, a defesa apresenta muita instabilidade e está carente de grandes nomes nos últimos anos, incluindo um goleiro de destaque. “Acredito que o mais importante (nessa fase final de preparação) é tentar encontrar esse equilíbrio na parte defensiva, para não dar a possibilidade de vermos uma equipe com falhas”, declarou o volante Javier Mascherano. O jogador do Barcelona acredita que as fortes características ofensivas da Argentina acabam criando dificuldades para os defensores. “Temos muitas coisas a melhorar. Somos uma equipe que, por ser tão objetiva e ter jogadores de características ofensivas, acaba sofrendo um pouco na defesa”, disse o volante. Apesar das ressalvas do jogador, os torcedores argentinos estão confiantes no terceiro caneco e acreditam na qualidade do elenco formado por Alejandro Sabella. A esperança na seleção e a proximidade com o Brasil devem colocar os hermanos entre os que mais visitarão o Brasil durante a Copa do Mundo.

Pórtico recebe mudança A faixa com os dizeres “bem-vindos futuros campeões” colocada na portaria da Cidade do Galo para receber a seleção argentina gerou tanta polêmica que acabou sendo substituída ontem. A mensagem havia causado um impacto negativo entre torcedores, a imprensa portenha, e também ao diretor técnico da Argentina, Carlos Bilardo, conhecido por ser muito supersticioso. Com a repercussão, a Associação de Futebol Argentino (AFA) acabou substituindo a mensagem por outra que apenas deseja as boas vindas à seleção do técnico Alejandro Sabella.

Treino no Horto será na quarta Buenos Aires, Argentina.A seleção argentina vai fazer um treino aberto ao público, nesta quarta-feira, na Arena Independência, no Horto, em Belo Horizonte. A informação foi dada ontem pelo chefe de imprensa da Associação de Futebol Argentino (AFA), Andres Ventura. No entanto, a AFA não deu nenhuma informação adicional sobre o horário ou a distribuição de ingressos para os torcedores, algo que sõ deve acontecer após a chegada da delegação argentina ao Brasil. Amanhã, a equipe de Messi e companhia realizará apenas um treino fechado. Na quinta-feira, dia de abertura da Copa do Mundo, está prevista a primeira entrevista coletiva dos jogadores, na Cidade do Galo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave