Nossos carrascos de 1950 a caminho de Sete Lagoas

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Espaço. Resort recebe seleção uruguaia em Sete Lagoas durante o Mundial
Alex de Jesus
Espaço. Resort recebe seleção uruguaia em Sete Lagoas durante o Mundial

Localizada a 70 km de Belo Horizonte, Sete Lagoas vai se tornar a partir de hoje a casa da seleção do Uruguai, que escolheu a cidade como o seu centro de preparação para a disputa da primeira fase da Copa do Mundo. Campeã em 1930 e 1950 – quando protagonizou uma das maiores tragédias para o futebol brasileiro, ao vencer o Brasil por 2 a 1, momento que ficou conhecido como Maracanazo –, a Celeste Olímpica espera aproveitar o clima tranquilo da cidade para ir em busca do tricampeonato.  

“Estamos muito felizes por ter a seleção do Uruguai em nossa cidade. Mais do que o legado esportivo que vai ficar após a Copa do Mundo, o nosso objetivo é o de nos aproximarmos de nossos irmãos da América do Sul, criar um espírito de união entre os dois povos e divulgar Sete Lagoas para o mundo”, afirmou o secretário municipal de Esportes de Sete Lagoas, César Maciel, que destacou, ainda, a importância da vinda da Celeste Olímpica para Minas Gerais.

“Com a vinda do Uruguai para Sete Lagoas, temos agora é que aproveitar a presença deles aqui para alavancar o nosso comércio e mostrar a nossa hospitalidade com os turistas”, disse o secretário. Para ter os uruguaios na cidade, a prefeitura local arcou com quatro obrigações. “Nós tivemos que investir na cobertura da lateral da Arena do Jacaré, na reforma do vestiário do estádio, providenciar a academia para os uruguaios, e criar o espaço da imprensa”, destacou César Maciel.

Confiante. Ontem, o capitão da seleção do Uruguai,o zagueiro Diego Lugano, esbanjou confiança em seu perfil no Twitter. O veterano, de 33 anos, divulgou para seus seguidores o sonho de repetir o “Maracanazo” e levantar o caneco do tricampeonato na Copa do Mundo, que começa na próxima quinta-feira.

“Temos muito orgulho da nossa história, saber quem somos, de onde vêm, para saber o que queremos. E sem nenhum peso nas costas, vamos agora ao Brasil com otimismo. Ninguém pode tirar o sonho de você”, publicou o jogador, que está atualmente sem clube.

Seleção fica em resort que garantiu churrasco A delegação uruguaia chega ao Brasil com 60 pessoas e deverá permanecer em Sete Lagoas até o dia 22 de junho. Neste período, a Celeste Olímpica vai treinar na Arena do Jacaré e se hospedar em um resort, que fica localizado nas proximidades da cidade. Para ficar no hotel, a Associação Uruguai de Futebol fez três principais exigências: que o local fosse fechado exclusivamente para a delegação uruguaia, a implantação de uma academia e a criação de um espaço para churrasco. “Esperamos que o Uruguai possa aproveitar bem esta hospedagem e fazer uma boa campanha no Mundial, mas a nossa torcida será pelo título do Brasil”, destacou Joaquim Nery, proprietário do hotel. Para servir como centro de treinamento, a Arena do Jacaré teve o campo reduzido de 110 m x 74 m para 105 m x 68 m, dimensões oficiais definidas pela Fifa. Também foi aumentado o muro e reformados os banheiros. Recepção.A Prefeitura de Sete Lagoas vai fazer na noite de hoje uma cerimônia de boas-vindas para os jogadores do Uruguai. Para amanhã, está programado um treino aberto na Arena do Jacaré com a presença da torcida. Serão disponibilizados 8.000 ingressos para essa atividade da Celeste Olímpica.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave