Clínicas não veem grandes vantagens

iG Minas Gerais | thaís pimentel |

Os planos de saúde animal podem ser vantajosos para clientes, mas para as clínicas o retorno é baixo. Para a dona de um pet shop no bairro Buritis, em Belo Horizonte, Ana Paula Melo, o percentual de clientes que têm o plano para o animal não representa 10% dos atendimentos. Porém, os donos de cães e gatos acabam pagando por outros serviços.

“A compensação é pequena, mas quando as pessoas trazem o bichinho, aproveitam para pedir um banho, uma tosa. Aí vale a pena”, revela a empresária, que começou a trabalhar com uma operadora há três anos ao perceber o aumento da demanda.

A veterinária Alessandra Lobo, dona de uma clínica no Barreiro de Baixo, afirma que só aceita planos de saúde para fidelizar os clientes. “O atendimento nessa modalidade não chega a 5%. Mas a nossa intenção é atender o público da melhor forma possível”, explica. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave