Apoio e interação com colegas conterrâneos

iG Minas Gerais |

Como todo estreante no audiovisual, Julia Konrad admite sentir dificuldade para se adaptar ao ritmo dinâmico da televisão e aos macetes de posicionamento diante das câmeras. Em muitas cenas de “Geração Brasil”, sua personagem contracena com a irmã de seu namorado, Manu, vivida por Chandelly Braz. Para Julia, um de seus maiores aprendizados têm sido observar a sua conterrânea. “Fico analisando tudo que ela faz e é bom ter esse apoio logo no primeiro trabalho”, elogia.

Além disso, a atriz está inserida no núcleo pernambucano da trama, que conta com os novatos Samuel Vieira e Johnny Hooker. “Me sinto acolhida com pessoas de perto da minha região”. (BT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave