Primeiro Duelo de MC's com alvará de funcionamento foi realizado

Após embate com a prefeitura, que queria cobrar R$ 600 para a realização dos duelos, evento acontecerá até novembro no centro de BH

iG Minas Gerais | ALINE DINIZ |

Esta foi a primeira realização do duelo após concessão de alvará de funcionamento
Lincon Zarbietti/O Tempo
Esta foi a primeira realização do duelo após concessão de alvará de funcionamento

A cultura Hip Hop reuniu na tarde deste sábado (7) cerca de 800 pessoas na praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, para assistir ao primeiro Duelo de MC’s de 2014 realizado com a permissão de um alvará da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).

Segundo Pedro Valentim, integrante do coletivo Família de Rua, o imbróglio com a prefeitura – no qual o órgão obrigava que o grupo pagasse R$ 600 em taxas para realizar os duelos – teve fim com a intervenção da Procuradoria Geral do Município, em abril. Com esse apoio, o coletivo conseguiu não só a isenção das taxas, mas o alvará que permite a realização dos eventos, de 15 em 15 dias, na praça Sete, de meio-dia às 21h.

“É uma conquista. Mostra que o governo reconheceu que a cobrança (das taxas) era absurda, já que o evento não traz lucro”, explica Valemtim. As estudantes e amigas Raynara Perônio, 18, e Taís Lima, 18, foram juntas ao evento. Para elas os duelos combinam ambiente agradável  e boa música. “Costumo me reunir com amigos que participam das batalhas. É cultura”, conta Taís.

O raper Inti Collio, 19, marca presença em todos os Duelos. “Participo há seis anos”, relata. Collio costuma se reunir com amigos com intuito de treinar rimas e participar das ‘batalhas’.  Seis pessoas foram presas por portarem maconha durante a realização do evento, segundo o sargento Laércio Fidélis.

Viaduto

Conforme Valentim, os duelos serão promovidos na praça até novembro, quando as obras do viaduto Santa Tereza devem terminar. “O viaduto se tornou um ponto de referencia cultural e político para a juventude. Não faz sentido abandonar o local nesse contexto. Queremos voltar pra lá”, afirma.  A volta para o viaduto é apoiada pelos frequentadores.

O próximo duelo está marcado o dia 21, quando ocorre o jogo entre Argentina e Irã, no Mineirão, às 13 horas. “Será mais uma força para discutir questões ligadas à Copa do Mundo”, informa o representante do coletivo Família de Rua. Até o fechamento desta edição, o trânsito não havia sido afetado pelo evento. 

Leia tudo sobre: duelo de mc'spraça setealvaráviadutopresosmaconhaduelo