Espanha decepciona no último jogo, mas recupera Diego Costa

Atual dona do troféu da Copa do Mundo, Fúria contou com dois gols de David Villa para bater El Salvador, nos EUA

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Com fraca atuação, a Espanha, atual campeã mundial, bateu El Salvador por 2 a 0, neste sábado (7), em seu último jogo antes de embarcar para o Brasil.

Foi uma despedida bem diferente da que antecedeu a da Copa de 2010, quando os espanhóis ganharam o troféu. Daquela vez, o time de Vicente del Bosque massacrou a Polônia por 6 a 0. No jogo deste sábado, os dois gols foram marcados pelo atacante David Villa, que entrou no segundo tempo.

Veio de outro atacante do Atlético de Madri, porém, a melhor notícia do jogo para os espanhóis: Diego Costa, que se recupera de contusão na coxa direita, conseguiu jogar sem nenhum problema físico aparente. Ele ficou em campo até os 29 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Xavi.

A partida foi disputada em Washington, nos Estados Unidos, com torcida majoritariamente favorável a El Salvador.

O jogo encerrou uma temporada pré-Copa de vitórias para os espanhóis, ainda que por placares magros e exibições não exatamente exuberantes. Nos dois outros amistosos que fez neste ano, o time venceu por 1x0 (Itália) e 2x0 (Bolívia, na semana passada).

A Espanha embarca neste domingo (8) para o Brasil, rumo a Curitiba. O CT do Caju, do Atlético-PR, será a base da equipe na primeira fase. Já há discussão sobre mudar de concentração a partir das oitavas de final.

A equipe começa a defender seu título na próxima sexta (13), contra a Holanda, em Salvador. O jogo é uma reedição da final da Copa de 2010.