Messi começa no banco, entra, faz gol e Argentina vence a Eslovênia

Time argentino foi bastante diferente do que disputou último jogo, e artilharia 'pesada' fez a diferença em campo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A Argentina venceu a Eslovênia na tarde deste sábado (7), em Buenos Aires, por 2 a 0, no último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo.

Os gols da vitória foram marcados por Ricky Álvarez, no primeiro tempo, e Messi, na etapa final. O time do técnico Alejandro Sabella foi muito diferente do que havia derrotado Trinidad e Tobago na última quarta-feira (4).

Palacio, Demichelis, Garay e Higuaín nem foram relacionados, e aproveitaram o dia para intensificar os tratamentos de suas lesões.

No primeiro tempo, a Argentina não fez praticamente mais nada, além do primeiro gol. A partir dos 12 minutos do segundo tempo, o jogo mudou. Sabella colocou parte de sua artilharia pesada em campo. Entraram, juntos, Messi, Di Maria, Aguero e Gago.

A partir daí, a partida ficou mais interessante, principalmente por causa de Messi, que fez questão de enfileirar zagueiros adversários para empolgar a torcida.

Aos 30 minutos, os argentinos finalmente deram uma prévia do que podem mostrar no Mundial: Di Maria deu grande enfiada para Aguero, que tocou de cabeça para Messi marcar: 2 a 0. A única preocupação da torcida ficou por conta de um acesso de tosse de Messi, parecido com os que o meia sofreu em alguns jogos do Barcelona.

No entanto, não foi preciso tirar o craque de campo. Ele apenas foi ao banco de reservas e tomou uma vitamina. 

A próxima vez que a Argentina entrar em campo já será pela Copa do Mundo: dia 15, no Rio de Janeiro, contra a Bósnia.

Leia tudo sobre: messiargentinaamistosoeslovêniavitóriasabellacopa do mundotreinola plata