Testes de segurança são realizados em SP e no Rio

Em São Paulo, simulação de ataque à bomba e no Rio, evacuação imediata do Maracanã em caso de emergência

iG Minas Gerais | Folhapress |

São Paulo, SP - A Polícia Militar realizou um treinamento operacional que é parte dos preparativos da Copa do Mundo na manhã deste sábado, no Terminal Rodoviário Tietê, zona norte de São Paulo.  

Passageiros que passavam pela estação foram avisados por meio de auto-falantes sobre o treinamento e o barulho que poderia causado em função disso. Houve simulação de bomba no banheiro masculino. Policiais do Gate e homens do Corpo de Bombeiros foram deslocados para lá. O local ficou isolado por cerca de quatro horas.O treinamento começou por volta das 8h e seguiu até o meio-dia, sem atrapalhar o embarque e desembarque de quem passava pelo Terminal Tietê.

Uma simulação de ações de emergência foi realizada no Maracanã, na manhã deste sábado (7), pelo Corpo de Bombeiros Militares. O objetivo da corporação foi colocar em prática no estádio o Plano de Evacuação e de Emergências Médicas, confeccionado pelo COL (Comitê Organizador Local), da Fifa.

Cerca de 500 pessoas participaram, sendo efetivos dos órgãos de segurança, da Fifa, bombeiros e voluntários. Foram utilizadas 20 viaturas e dois helicópteros que fizeram o resgate simulado de uma pessoa. Para a ação, a avenida Radial Oeste foi fechada.  

A atividade mais complexa é o teste de esvaziamento de setores do estádio. O tempo foi cronometrado para certificar que o escape atende ao plano de evacuação. A imprensa não foi autorizada a acompanhar a simulação, mas a Superintendência Extraordinária para Grandes Eventos (Suege) informou que foram testados protocolos de segurança para lidar com diferentes potenciais ameaças químicas, biológicas, radiológicas, nucleares e de explosivos.

Leia tudo sobre: Copa do MundoBrasil