Preços de pacotes despencam

Nordeste não sediará jogos da Copa do Mundo neste mês

iG Minas Gerais | Tânia Ramos |

Em alta. Porto de Galinhas  ainda é um dos lugares mais procurados pelos mineiros
Em alta. Porto de Galinhas ainda é um dos lugares mais procurados pelos mineiros

Nunca o Nordeste esteve tão atraente ao turista no mês de julho como neste ano. Os pacotes no período estão, em média, 30% mais em conta que em igual período de 2013, segundo os operadores. Até para as cidades-sede da região, que só vão receber os jogos da primeira fase da Copa do Mundo, os roteiros estão com preços muito convidativos.

Na contramão da expectativa superotimista da vinda de estrangeiros ao país para acompanhar o Mundial, os pacotes para os destinos nordestinos também estão com ótimo custo-benefício mesmo em junho.

Aliás, a onda de pacotes promocionais para os destinos nacionais, que está pipocando nas operadoras nas últimas semanas – ou seja, corra para adquirir o seu antes que acabe –, abrange destinos “de Porto Alegre a Manaus”, garante o diretor da Interpool Viagens, Paulo Testa. “A partir deste mês, oferecemos pacotes – principalmente para os destinos nordestinos – com preços imbatíveis, mais baixos dos que os normalmente praticados na baixa temporada”, informa Testa. Para o gerente de marketing da CVC em Minas, Renato Lomas, viajar durante a Copa do Mundo está até 30% mais barato que no ano passado, sendo que essa margem de descontos engloba de pacotes a passagens aéreas, hotéis e passeios. “Nas viagens nacionais, estamos com muitas ofertas e grandes promoções”, destaca.

Nos hotéis e resorts, muitos deles com diárias promocionais – a exemplo do Iberostar (15% em julho e 25% de agosto até dezembro), em Praia do Forte (BA), e do Summerville (30% a partir de 1º de julho), em Porto de Galinhas (PE) –, o hóspede do período da Copa ainda vai poder acompanhar os jogos com conforto e muitos mimos, que vão de telões em salas de reuniões ou teatros a camisetas personalizadas, pipoca e lanches especiais. Nas unidades all inclusive, os torcedores vão ser brindados com partidas open bar.

Internacionais Com a promoção do dólar reduzido a R$ 1,99, a CVC tem tido uma grande procura de pacotes. Segundo Renato Lomas, “o movimento para os destinos internacionais ainda está bem forte”. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave