Impostômetro alcançará R$ 700 bilhões na segunda, diz ACSP

O montante representa o total desembolsado por todos os brasileiros para pagar impostos, taxas e contribuições para a União, os Estados e os municípios

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai alcançar a marca de R$ 700 bilhões na segunda-feira (9) de manhã. O montante representa o total desembolsado por todos os brasileiros para pagar impostos, taxas e contribuições para a União, os Estados e os municípios. No ano passado, essa mesma marca foi alcançada apenas no dia 12 de junho.

"Mesmo com a desaceleração da economia, a arrecadação do governo federal vem crescendo acima da inflação - e apesar das desonerações ainda existentes. Infelizmente, vemos que as despesas de custeio aumentam e os investimentos estão contidos", afirma o presidente da ACSP, Rogério Amato.

Copa do Mundo

Levantamento feito pela ACSP mostra que alguns produtos que devem ser mais consumidos durante a Copa do Mundo no Brasil possuem uma alta incidência de impostos. O destaque é o preço do chope, que tem 62,2% de carga tributária. Além disso, possuem alta carga de impostos fogos de artifício (61,56%), bola de futebol (46,49%), refrigerante (46,47%), amendoim (36,54%) e camisa de time (34,67%).  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave