Platini lamenta corte de Ribéry: 'É uma pena para Copa'

Presidente da Uefa externou sua tristeza ao comentar sobre a ausência do principal jogador dos blues no Mundial

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Até o momento, a Uefa só realizou testes sanguíneos nas duas últimas edições da Eurocopa
REPRODUÇÃO/UEFA
Até o momento, a Uefa só realizou testes sanguíneos nas duas últimas edições da Eurocopa

Atual presidente da Uefa e um dos maiores ídolos da história da seleção francesa, Michel Platini lamentou nesta sexta-feira o corte do meia-atacante Frank Ribéry da equipe nacional que disputará a Copa do Mundo. O dirigente destacou o peso da ausência do jogador do Bayern de Munique, que não conseguiu se recuperar de uma lesão nas costas a tempo de disputar o Mundial. Entretanto, ele aposta que o treinador Didier Deschamps tem opções de qualidade para substituir o astro que era a principal esperança francesa para a competição.

"É uma pena para Ribéry, é uma pena para a França e é uma pena para o Mundial", declarou Platini, ao sair do hotel em que está hospedado em São Paulo. Ele fez o comentário sobre o corte enquanto partia em direção ao Morumbi, palco do amistoso entre Brasil e Sérvia, nesta sexta à tarde.

Considerado um dos maiores craques que a França já teve, Platini acredita

que sua seleção nacional não está entre as favoritas ao título. Mas, ainda assim, aposta em um desempenho positivo pelo menos na primeira fase da Copa. "Acredito que Deschamps tem boas opções no banco. Temos bons jogadores e veremos como vai ser", declarou

A França irá integrar o Grupo E do Mundial e sua estreia será no próximo dia 15, contra Honduras, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Em seguida os franceses terão pela frente a Suíça, no dia 20, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e depois fecharão a fase inicial da competição diante do Equador, no dia 25, no Maracanã, no Rio.