Estudantes da UFMG fazem ato contra fechamento da universidade na Copa

Grupo combinou o ato pela internet; assessoria da instituição informou que decisão de fechamento já foi tomada pelo Conselho Universitário e não será alterada

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) fazem, na manhã desta sexta-feira (6), um ato de ocupação da instituição contra o fechamento da universidade nos dias de jogos da Copa do Mundo, que começa em seis dias. Pelas redes sociais, o grupo combinou o protesto.

“Queremos manter a universidade ocupada pois esta é um espaço público e como tal deve ser empoderado pelas pessoas, esse espaço, chamado UFMG, pertence a toda sociedade e portanto, não pode ficar fechado nos dias jogos da Copa, isso é violar nosso direito”, explicam os organizadores do movimento por meio da página “OCUPE A UFMG: ATO NA ANTONIO CARLOS NO MOVE E AULA PÚBLICA SOBRE A UFMG E A COPA!!!” no Facebook, onde 180 pessoas confirmaram presença.

Os alunos se concentraram na entrada da UFMG, pela avenida Antônio Carlos, na região da Pampulha, e em seguida iniciaram uma marcham pela instituição. Uma aula pública sobre a UFMG e a Copa está prevista para o fim desta manhã.

Os manifestantes questionam ainda a decisão da universidade de ser um “Território Fifa” e pedem pela garantia da autonomia da instituição para que não seja feita de base da Polícia Militar.

A assessoria da UFMG informou que a decisão em relação ao tema foi tomada pelo Conselho Universitário e não será alterada. De acordo com a decisão divulgada no dia 28 de maio deste ano, o funcionamento da universidade será restrito em dias de jogos da Copa no Mineirão.

O expediente acadêmico e administrativo estará suspenso no campus da Pampulha, na Escola de Arquitetura, na Faculdade de Direito, no Espaço do Conhecimento, no Centro Cultural e no Conservatório da UFMG nos dias 14, 17, 21, 24 e 28 de junho e no dia 3 de julho, datas dos jogos da Copa do Mundo em Belo Horizonte.

Nesses dias, o acesso ao campus Pampulha ficará restrito à comunidade acadêmica, que só poderá entrar nas dependências da universidade após um cadastro prévio. Além disso, nos dias de jogos do Brasil, o expediente da UFMG será encerrado às 12h30, segundo a Portaria nº. 113 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, de 31 de abril de 2014.  

Quanto ao uso do espaço da instituição pela Fifa ou pela Polícia Militar, a assessoria informou que isso não acontecerá.

Leia tudo sobre: atomanifestoocupaçãoUFMGCopaestudantes