Itaquerão terá menor capacidade das aberturas de Copas

Projeto inicial previa a lotação de 68 mil pessoas, mas problema com arquibancadas provisórias reduziu para 61,6 mil torcedores

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Jogadores, comissão técnica e o ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, posaram para foto no novo estádio
Site Oficial Corinthians
Jogadores, comissão técnica e o ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, posaram para foto no novo estádio

O Itaquerão receberá, na próxima quinta-feira, o primeiro jogo da Copa do Mundo e entrará para a história como o estádio de abertura com menor capacidade dos Mundiais. De acordo com a Fifa, o local poderá receber "apenas" 61,6 mil torcedores durante a partida entre Brasil e Croácia. Durante toda a preparação do País para a competição, o projeto, com as arquibancadas provisórias, previa 68 mil lugares nos jogos da competição.

O jogo de abertura passou a fazer parte da Copa do Mundo em 1966, na Inglaterra. Antes, várias partidas eram disputadas no primeiro dia da competição - a exceção é o Mundial de 1950, quando apenas o confronto entre as seleções brasileira e mexicana aconteceu no dia 24 de junho - na ocasião, o Maracanã tinha capacidade para 155 mil torcedores.

Desde a Copa da Inglaterra, 12 jogos de abertura foram realizados. Em 1974, no Mundial da Alemanha, a partida foi realizada em Frankfurt, no Watdstadion, cuja capacidade era de 62 mil espectadores. Com lotação máxima, Brasil e Iugoslávia empataram por 0 a 0.

Em 2002, o Estádio de Seul poderia receber até 63 mil pessoas para o confronto entre França e Senegal. Oito anos antes, em Chicago, o Soldier Field, com 64 mil lugares, foi palco da abertura da Copa dos Estados Unidos - a Alemanha enfrentou a Bolívia e venceu por 1 a 0.

Os alemães, em 2006, voltaram a participar do primeiro jogo de uma Copa do Mundo. Na Allianz Arena, bateram a Costa Rica por 4 a 2. A capacidade do estádio de Munique era de 66 mil. Wembley (87 mil), Azteca (131 mil em 1970 e 115 mil em 1986), Monumental de Nuñes (72 mil), Camp Nou (95 mil), San Siro (74 mil) e Stade de France (80 mil) completam a lista dos estádios de abertura das Copas.

A Arena Corinthians foi construída para receber 68 mil pessoas na Copa do Mundo - o projeto de 48 mil recebeu 20 mil cadeiras provisórias. A diminuição da capacidade está ligada aos atrasos na construção do estádio, que começou a ser erguido em maio de 2011.

Depois de 36 meses, o local recebeu a primeira partida oficial. Na partida entre Corinthians e Figueirense, válida pelo Campeonato Brasileiro, pouco mais de 50% dos assentos foram testados (36.694 torcedores assistiram à partida). No último dia 1º, apenas as arquibancadas provisórias localizadas no setor sul foram testadas. As cadeiras montadas no lado oposto ainda não receberam torcedores. O fato acontecerá apenas no dia 12.

Estádios de abertura de Copa:

1966 - Wembley (Londres)

Capacidade: 87 mil

Inglaterra 0 x 0 Uruguai

1970 - Azteca (Cidade do México)

Capacidade: 131 mil

México 0 x 0 União Soviética

1974 - Watdstadion (Frankfurt)

Capacidade: 62 mil

Brasil 0 x 0 Iugoslávia

1978 - Monumental de Nuñes (Buenos Aires)

Capacidade: 72 mil

Alemanha 0 x 0 Polônia

1982 - Camp Nou (Barcelona)

Capacidade: 95 mil

Argentina 0 x 1 Bélgica

1986 - Azteca (Cidade do México)

Capacidade: 115 mil

Itália 1 x 1 Bulgária

1990 - San Siro (Milão)

Capacidade: 74 mil

Argentina 0 x 1 Camarões

1994 - Soldier Field (Chicago)

Capacidade: 64 mil

Alemanha 1 x 0 Bolívia

1998 - Stade de France (Paris)

Capacidade: 80 mil

Brasil 2 x 1 Escócia

2002 - Seul Stadium

Capacidade: 63 mil

Franca 0 x 1 Senegal

2006 - Allianz Arena (Munique)

Capacidade: 66 mil

Alemanha 4 x 2 Costa Rica

2010 - Soccer City (Johannesburgo)

Capacidade: 91 mil

África do Sul 1 x 1 México

Leia tudo sobre: copa do mundoitaquerãoaberturainauguraçãoarquibancadasbrasilcroácia