Melhorias na defesa e nas bolas paradas viram objetivos da seleção

Para Luiz Felipe Scolari, vitórias podem ser conquistadas com jogadas ensaiadas e equipe bem postada taticamente

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

ESPORTES - TERESOPOLIS RJ - BRASIL - 5.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Treino da selecao brasileira de futebol na Granja Comary em Teresopolis RJ.
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - TERESOPOLIS RJ - BRASIL - 5.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Treino da selecao brasileira de futebol na Granja Comary em Teresopolis RJ. Foto: Douglas Magno / O Tempo

Durante o treinamento dessa quinta-feira, o último antes do amistoso da seleção brasileira frente a Sérvia, em São Paulo, nesta sexta, o técnico Luiz Felipe Scolari cobrou bastante de seu sistema defensivo. A preocupação do treinador com o setor já é conhecida. Dentro do estilo “Felipão” de ser, guarnecer a defesa é um dos pilares para as conquistas.

"Pelas minhas características como técnico, com quem trabalhei como jogador, sigo com essa filosofia de montar um esquema com uma boa defesa. Isto te dá a oportunidade de ganhar jogos e campeonatos. Tenho essa filosofia e ideia", afirmou.

Para a estreia na Copa do Mundo, no próximo dia 12, contra a Croácia, na Arena do Corinthians, o treinador acredita que sua equipe está praticamente preparada. No entanto, além da melhora do sistema defensivo, Felipão quer que seus comandados aprimorem algumas jogadas específicas, entre elas as bolas paradas.

"Todos estão em condições. Agora é aprimorar as bolas paradas, com o posicionamento. Nas jogadas de escanteio, os gols não estão saindo nesses lances, falta um pouco de penetração, o passe está um pouco atrasado ou adiantado, falta sincronismo. O trabalho tático já evoluiu bastante", concluiu.