Jovem que cumpria pena consegue fugir durante consulta em hospital

Ele cumpria pena em um centro socioeducativo por causa de um homicídio, cometido quando ainda era menor, mas conseguiu escapar mesmo acompanhado por uma enfermeira e escoltado por um agente penitenciário

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Um adolescente que cumpria pena em medida socioeducativa conseguiu fugir na manhã desta quinta-feira (5) quando estava no hospital, fazendo exames. Apesar de já ter 18 anos, ele foi detido quando ainda era menor por ter cometido um homicídio. O jovem cumpria pena no Centro Socioeducativo de Sete Lagoas, na região Central do Estado.

De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o adolescente já havia sido atendido no mesmo hospital, o Instituto Hilton Rocha, na capital, outras três vezes, já que usava uma lente especial e estava em tratamento de ceratocone, uma doença da córnea na qual a visão fica prejudicada com o passar do tempo.

A consulta desta quinta era um retorno para acompanhamento e avaliação da utilização da lente. No momento da fuga, ele estava acompanhado por uma enfermeira e era escoltado por um agente de segurança socioeducativo.

A Seds também informou que a Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase) instaurou um procedimento para apurar as circunstâncias da fuga e que o fato já foi comunicado ao Poder Judiciário.

A reportagem tentou contato com o Instituto Hilton Rocha durante toda a tarde desta quinta-feira, mas nenhum responsável pela unidade foi encontrado para se pronunciar sobre o caso. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave