Marcos Valério é julgado em BH por sonegação de tributos

Movida em 2013 pelo Ministério Público Federal de Belo Horizonte, a ação não corre em segredo de Justiça; investigação foca nas agências DNA Propaganda e SMP&B Propaganda

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Barbosa autoriza transferência de Marcos Valério da Papuda para MG
ARESTIDES BAPTISTA/Agëncia Estado
Barbosa autoriza transferência de Marcos Valério da Papuda para MG

O publicitário Marcos Valério, envolvido na Ação Penal 470 e no mensalão tucano, foi blindado pela Justiça Federal de Minas Gerais, que impediu a imprensa de acompanhar audiência de processo, nesta quinta-feira (5), onde ele é acusado de sonegar impostos.

Movida em 2013 pelo Ministério Público Federal de Belo Horizonte, a ação não corre em segredo de Justiça. A investigação foca nas agências DNA Propaganda e SMP&B Propaganda, utilizadas nos esquemas.

O condenado saiu da penitenciária Nelson Hungria durante a tarde para prestar depoimento na 11ª Vara da Justiça Federal, em BH. 

O juiz substituto Marllon Souza autorizou somente que os advogados e as testemunhas arrolados do réu entrassem no local. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave