A vantagem da Mercedes deve ser ainda maior no Canadá, diz Massa

Piloto brasileiro acredita que o GP do Canadá, que acontece neste domingo (8), será mais um passeio da dupla da Mercedes

iG Minas Gerais | FOLHA PRESS |

Piloto brasileiro soma 18 pontos e ocupa a 11ª colocação no campeonato deste ano
Felipe Massa Oficial/reprodução
Piloto brasileiro soma 18 pontos e ocupa a 11ª colocação no campeonato deste ano

Apesar de empolgado com a sétima colocação conquistada na última etapa do Mundial de F-1, o GP de Mônaco, há duas semanas, após ter largado no 16º posto no grid, Felipe Massa acredita que o GP do Canadá ficará nas mão dos pilotos da Mercedes.

"Pelo que vimos até agora a vantagem deles [Mercedes] deve ser ainda maior nesta pista por conta das características do traçado. Numa pista como esta o motor tem um efeito ainda maior por causa das longas retas", afirmou o piloto da Williams nesta quinta-feira (5) nublada em Montréal. "A Mercedes tem um carro fantástico em todas as áreas e a diferença deles para o resto deve ficar ainda mais evidente."

Ainda assim, Massa disse estar esperançoso de fazer uma boa corrida neste domingo (8), a partir das 15h (de Brasília), quando será disputada a sétima etapa do Mundial de F-1. "Estou com uma expectativa boa e acho que esta pista pode ser melhor para o nosso carro do que outras, como Barcelona e Mônaco, por exemplo", afirmou Massa, que soma 18 pontos e ocupa a 11ª colocação no campeonato deste ano.

"Espero ter um bom final de semana e claro fazer uma ótima corrida no domingo", completou o brasileiro, que nunca foi ao pódio em Montréal. Sua melhor colocação no circuito canadense foi um quarto lugar, conquistado em 2005, quando ainda corria pela Sauber.

"Gosto bastante desta pista, ela é bem diferente, é meio um circuito de rua, meio permanente, tem retas longas e a cidade também é muito legal."

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave