Hotéis de Cuiabá terão lotação máxima durante a Copa

Rede hoteleira nacional registrou uma alta considerável no preço das diárias neste período

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Quem pretende se hospedar na capital matogrossense durante o período dos jogos da Copa do Mundo enfrentará problemas. Foi o que informou o Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Cuiabá (SHRBS-MT). "Estamos com lotação máxima em nossa rede. A maioria é de torcedores estrangeiros que virão prestigiar suas seleções", afirmou Faiçal Fares, assessor do sindicato.

A rede hoteleira nacional registrou uma alta considerável no preço das diárias neste período. Segundo informações da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), o aumento no valor da hospedagem nas cidades onde a seleção brasileira jogará foi exagerado. A ABIH diz que Fortaleza, onde o Brasil enfrentará o México dia 17 de junho, registrou uma alta de 290%. O aumento foi menos expressivo nas cidades onde não haverá jogos

Segundo o sindicato, o reajuste das diárias em Cuiabá foi feito conforme padrões seguidos nos últimos três anos. Hóspede frequente na cidade, o professor José Carlos Salamoni, de 51 anos, não percebeu variação nos preços entre antes do período dos jogos e agora. "Sempre venho a Cuiabá e me hospedo nos hotéis da mesma rede. Acredito que o preço está justo", comentou Salamoni, que se instalou em um hotel 3 estrelas no centro da capital.

FISCALIZAÇÃO - Apesar de a ABIH não prever punição aos hotéis que elevam abusivamente os preços, o Procon de Cuiabá ficará atento aos estabelecimentos que insistirem nessa prática. De acordo com o gerente de fiscalização do órgão, Ivo Vinícius Firmo, os estabelecimentos que não justificarem o aumento em suas diárias estarão sujeitos a procedimentos administrativos e investigação pela Delegacia Especializada do Consumidor (DECON), além de pagarem multas que variam de R$ 400 a R$ 6 milhões de reais.  

Leia tudo sobre: hotelcuiabácopa do mundobrasiltorcedores