Paulinho passará por avaliação antes de amistoso

Apesar de ter treinado, nesta quinta-feira, no time titular, jogador ainda inspira cuidados por incômodo no tornozelo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Negociação só deverá ser concluída após fim da Copa das Confederações
Wagner Carmo/VIPCOMM
Negociação só deverá ser concluída após fim da Copa das Confederações

Luiz Felipe Scolari comandou na manhã desta quinta-feira o último treino da seleção antes do amistoso com a Sérvia, e fez as modificações que planejava. O jogo será nesta sexta-feira, no Morumbi, em São Paulo, às 16h. O treinador confirmou a volta do capitão Thiago Silva ao lado de David Luiz na defesa e a de Paulinho no lugar de Ramires no meio de campo, posição que sempre foi sua antes da contusão no tornozelo num dos treinos da equipe em choque com Bernard.

Willian também ganhou o colete que era de Oscar. O meia foi liberado na noite de quarta-feira para acompanhar o nascimento da primeira filha, Júlia, em Campinas. Ele se juntará ao grupo em São Paulo. O treino foi um coletivo reduzido, de 30 minutos apenas, e boa movimentação, sobretudo de Neymar, que tem se acertado mais com Hulk do que com Fred. O atacante, diga-se, continua às avessas com o gol. Ele errou até pênalti, defendido por Jefferson.

Thiago Silva e Paulinho treinaram normalmente. O volante do Tottenham ainda passará por uma avaliação clínica no tornozelo após o trabalho, já a caminho de São Paulo (a delegação deixa a Granja Comary às 15h). A comissão técnica quer se certificar de que o tornozelo de Paulinho não voltará a inchar. Se tudo correr bem, ele será titular contra a Sérvia. Em caso de dúvida, Hernanes está de sobreaviso.

Felipão repetiu a movimentação de Neymar e Hulk como na partida contra o Panamá e nos treinamentos anteriores. O atacante do Barcelona começou na direita, mas foi visto com frequência também na esquerda. Victor começou no gol do time reserva, mas logo deu lugar para Jefferson, que pegou três pênaltis nos ensaios, de Fred, Willian e David Luiz. Na primeira bateria, apenas Neymar, o cobrador oficial da seleção, balançou a rede.