Mais de 3.000 adultos se machucam por ano em brincadeiras de criança

iG Minas Gerais |


Skate é um dos itens que levou adultos ao hospital
LEO FONTES / O TEMPO - 21/06/09
Skate é um dos itens que levou adultos ao hospital

Londres, Reino Unido. Uma pesquisa realizada pelo Centro de Informação em Saúde e Assistência Social do Reino Unido revelou dados curiosos sobre os acidentes com adultos após brincadeiras infantis, como subir em árvores, andar de skate ou brincar no playground: todo ano, mais de 3.000 vão parar em hospitais por se machucarem brincando. As informações são do jornal “Daily Mail”.

Segundo as estatísticas, os playgrounds são “perigosos” para adultos britânicos: toda semana, pelo menos dez pessoas, maiores de 16 anos, são admitidas em hospitais com ferimentos, depois de terem caído de balanços e escorregadores, por exemplo. Outro dado curioso é que, no último ano, os feridos incluiram 21 pessoas com mais de 60 anos, 17 com mais de 70, 21 acima dos 80 anos e 17 idosos de 90 anos.

Não surpreendente é o dado de que o maior número de feridos em parques são as crianças entre 5 e 9 anos. Segundo a pesquisa, a maior parte dos incidentes ocorre por falta de atenção dos pais ou avós por estarem ao celular.

Os incidentes relacionados às quedas de árvores também fizeram muitas vítimas. Entre 2012 e 2013, pelo menos 51 adultos, com mais de 60 anos, foram hospitalizadas após caírem de árvores, incluindo cinco idosos de 80 anos e um, de 90.

A pesquisa revelou ainda que 2.347 pessoas, na maioridade, tiveram de procurar um médico por ter se machucando andando de patins, esquiando, andando de skate etc. Neste número, incluem-se mais de cem pessoas acima dos 60 anos, mais de 30 acima de 70 anos, 17 com mais de 80 e duas pessoas com mais de 90 anos.

O estudo não deixa claro, no entanto, as razões pelas quais o número de adultos feridos é alto.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave