Fernandinho projeta seleção mais ‘solta’ até estreia na Copa

Volante também admitiu pressão e a ansiedade de todo o grupo por disputar uma Copa no Brasil

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Fernandinho sabe que pressão será grande pelo hexacampeonato dentro de casa
Alexandre Loureiro/Vipcomm
Fernandinho sabe que pressão será grande pelo hexacampeonato dentro de casa

Teresópolis (RJ). Nesta sexta-feira, a seleção brasileira faz seu último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo. A equipe encara a Sérvia, em São Paulo, no Morumbi, às 16h (de Brasília).  Para esta partida, o técnico Luiz Felipe Scolari já adiantou que colocará em campo força máxima, uma espécie de simulação do que os torcedores verão no dia 12 de junho, contra a Croácia, na Arena Corinthians.

Apesar da goleada sobre o Panamá por 4 a 0, o volante Fernandinho está ciente de que a seleção encontrará mais dificuldades frente aos sérvios. A equipe europeia ficou a três pontos de disputar uma vaga na repescagem para a Copa do Mundo.

“Este jogo é superimportante para ter confiança no dia 12. Pude assistir alguns jogos dessa seleção e sei que vai ser um jogo mais difícil do que o Panamá. Mas desempenhando um bom papel, a gente ganha moral e confiança”, afirmou.

Fernandinho também foi questionado sobre a pressão que a seleção brasileira irá sofrer disputando uma Copa do Mundo no país. Para o volante, a evolução da equipe virá gradualmente. A ansiedade é a única coisa que pode interferir no desempenho dos comandados de Felipão.

“Jogar no Brasil aumenta a cobrança. A torcida espera que a seleção jogue bem e dê espetáculo. Por ter sido um período curto, fizemos poucos trabalhos com bola, o time esta encorpando, isso é normal. No próximo amistoso e na estreia, vai estar mais solto. Talvez a ansiedade possa ser a única coisa que possa atrapalhar, mas espero que nossa equipe esteja mais focada até lá”, concluiu.