Milho teve preços em queda em maio e tendência é de baixa

Perfil foi de queda de preços, que colocou o comprador em vantagem; já o produtor perdeu boas oportunidades de negociar de maneira antecipada

iG Minas Gerais | Da redação |

O preço do milho esteve em baixa no mês de maio, e a tendência é que a baixa permaneça nos meses de junho e julho
Divulgação
O preço do milho esteve em baixa no mês de maio, e a tendência é que a baixa permaneça nos meses de junho e julho
O último mês de maio no mercado brasileiro de milho registrou queda de preços, que colocou o comprador em vantagem, e fez com que o produtor, em geral, perdesse boas oportunidades de negociar de maneira antecipada no início do ano, e não o fez. Nesse contexto, os preços devem apresentar novas quedas durante o mês de junho e julho quando haverá maior disponibilidade de milho safrinha.   Segundo levantamento de Safras & Mercado, a colheita de milho da safra verão 2013/14 atingiu, até 23 de maio, 97,8% da área cultivada de 5,162 milhões de hectares.   Os trabalhos de colheita ainda não foram concluídos apenas em Santa Catarina e em Minas Gerais, com 1% e 4% da área,  respectivamente, para serem colhidas. No mesmo período do ano passado a colheita estava completa em 94,8% dos 5,878 milhões de hectares cultivados.   As exportações de milho do Brasil renderam US$ 21 milhões até a quarta semana de maio (16 dias úteis), com média diária de US$ 1,3 milhões. A quantidade total de milho exportada pelo país chegou a 91,2 mil toneladas, com média diária de 5,7 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 230,4.   Entre abril e maio, houve uma baixa de 78,9% no valor médio exportado, uma desvalorização de 79,7% na quantidade e uma alta de 4% no preço médio. Na relação entre maio de 2014 e o mesmo mês de 2013, houve baixa de 64,8% no valor total exportado, recuo de 56,6% na quantidade total e desvalorização de 18,9% no preço médio.   A média mensal de preços em maio no porto de Paranaguá, no Paraná, foi de R$ 29,14 e em Santos, em São Paulo, valor de R$ 27,96.   No estado do Paraná, a cotação em Cascavel ficou em R$ 24,42.  Em São Paulo, preço ficou a R$ 27,07 na Mogiana. Em Campinas CIF, a cotação ficou a  R$ 29,04. No Rio Grande do Sul, preço a R$ 27,86, em Erechim. Em Minas Gerais, preço em Uberlândia a R$ 26,50. Em Goiás, preços em R$ 24,18 a saca, em Rio Verde. Em Mato Grosso, preço a R$ 19,63, em Rondonópolis.  

Leia tudo sobre: milhoexportação