Sistema defensivo do Atlético de Madrid vira referência na seleção

Sucesso da equipe espanhola foi lembrado por capitão brasileiro Thiago Silva; sucesso do escrete canarinho passa pela retaguarda consistente

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA E THIAGO NOGUEIRA |

ESPORTES - TERESOPOLIS RJ - BRASIL - 4.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Selecao brasileira realizou um treino a tarde na Granja Comary em Teresopolis RJ.
Na foto: Thiago Silva
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - TERESOPOLIS RJ - BRASIL - 4.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Selecao brasileira realizou um treino a tarde na Granja Comary em Teresopolis RJ. Na foto: Thiago Silva Foto: Douglas Magno / O Tempo

Teresópolis (RJ). Adivinhe a resposta para uma pergunta feita ao zagueiro Thiago Silva na coletiva desta quarta-feira, na Granja Comary. “Qual o máximo de gols que a defesa da seleção quer levar durante a Copa?”, indagou o jornalista. Claro que a resposta foi zero. O capitão do Brasil aproveitou o gancho para mostrar a confiança que tem em relação ao setor defensivo brasileiro.

“A parte defensiva da seleção é muito forte. Pouca gente falava do setor defensivo tempos atrás. Hoje se fala muito, o que aumenta a responsabilidade”, destacou Thiago.

O jogador ainda citou como exemplo a defesa do Atlético de Madrid, campeão espanhol e vice-campeão da Liga dos Campeões. Com poucos gols sofridos durante a temporada, a equipe de Simeone foi uma das grandes sensações da Europa. 

"Se a gente não levar gol, ganhar de 1 a 0 é uma vantagem muito grande. É o exemplo do Atlético de Madrid que chegou na decisão pelo simples fato de não levar gol. Na final levou quatro, mas foi uma temporada muito forte. Se tivermos esse caminho, pensar em defender, vamos ter sucesso", concluiu o capitão.