PM é acionada para conter tumulto no presídio de Montes Claros

Princípio de confusão foi registrado por volta das 6h, quando os presos se recusaram a sair das celas durante o procedimento de revista

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Um princípio de tumulto no Presídio Regional de Montes Claros, no Norte do Estado, mobilizou a Polícia Militar (PM) e o Grupo de Intervenção Rápida (GIR) do Sistema Prisional na manhã desta quarta-feira (4). De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por volta das 6h da manhã, os presos resistiram à entrada dos agentes penitenciários nas celas durante um procedimento de buscas e colocaram fogo em pedaços de colchões.

Ainda segundo a Seds, a situação foi contida pelos agentes penitenciários, com o apoio do GIR e dos policiais militares. Durante os procedimentos de revista realizados nas celas da unidade prisional foram localizados 11 celulares, cinco chips, quatro carregadores, cinco chuços - tipo de arma feita com metal e madeira - e uma pequena quantidade de substância semelhante à maconha.

Três detentos sofreram ferimentos leves e passam bem.  Os procedimentos foram encerrados por volta das 17h e a direção-geral do presídio instaurou um Procedimento Interno para apurar as circunstâncias do ocorrido e avaliar os danos ao patrimônio.

Leia tudo sobre: rebeliãomontes clarostumultopresídio