Itália empata com Luxemburgo e amplia desconfianças

Seleção da 'azzurra' perdeu diversas chances de gol e pela primeira vez na história empatou com o fraco time de Luxemburgo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Mario Balotelli ficou isolado na frente e a equipe italiana não conseguiu converter suas chances em gols
Mario Balotelli Oficial/reprodução
Mario Balotelli ficou isolado na frente e a equipe italiana não conseguiu converter suas chances em gols

A Itália deu vexame naquela que deveria ser a festa de despedida junto ao seu torcedor antes do embarque para jogar a Copa do Mundo no Brasil. Nesta quarta-feira, em Verona, o time italiano perdeu diversas chances de gol e pela primeira vez na história empatou com a modestíssima seleção de Luxemburgo, em 1 a 1.

De acordo com a Fifa, o amistoso foi a nona partida entre os dois times. Até então, a Itália colecionava oito vitórias e só havia sofrido um gol, em 1976. Se serve de consolo para os italianos, porém, em dezembro de 1981 eles haviam tido dificuldade para vencer por 1 a 0. Meses depois, com um time desacreditado, ganhariam a Copa.

Ao que parecia, a festa seria das melhores. Logo com 9 minutos, Balotelli recebeu pela direita da área, dominou bonito, parou a bola, e acertou linda trivela na cabeça de Marchisio, que abriu o placar.

Com mais volume de jogo e com quatro jogadores de toque de bola no meio-campo - De Rossi, Pirlo, Marchisio, Candreva e Verratti -, a Itália dominava a partida, mas não conseguia chegar sequer perto do segundo gol. Faltava um companheiro de ataque para Balotelli.

No segundo tempo, foram duas bolas na trave de Luxemburgo até que, aos 40 minutos, o time que ocupa apenas a 112.ª colocação do ranking mundial, a 46.ª posição apenas entre europeus, chegou ao empate. Mutsch bateu escanteio da esquerda e Chanot se antecipou à zaga para marcar de cabeça.

O empate foi o segundo consecutivo da Itália, que vinha de um 0 a 0 com a Irlanda, no sábado. A equipe viaja para o Brasil em péssima fase, repleta de desconfianças. Afinal, tropeçou nos últimos sete compromissos. Os italianos não sabem o que é vencer desde setembro, quando fizeram 2 a 1 na República Checa. Exatamente naquele jogo veio a classificação para a Copa.

No Mundial, a Itália está no grupo mais difícil, e terá pela frente outros dois campeões: o Uruguai e a Inglaterra. A estreia pelo Grupo D é diante dos ingleses, no dia 14 (sábado), em Manaus. Depois, a Itália pega a Costa Rica em Recife e o Uruguai em Natal.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave