Pedreiro é preso por estuprar e engravidar enteadas em Betim

As investigações deram conta de que o homem abusava das meninas desde que elas tinham 7 e 8 anos; elas engravidaram do padrasto com 12 e 13 anos

iG Minas Gerais | EVANDRO TELES |

Um pedreiro de 56 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (4) por policiais da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Betim, na região metropolitana, suspeito de engravidar duas enteadas em 2010. Ele estava trabalhando em uma construção no bairro Petrolândia quando foi detido pelos investigadores.

“Os abusos começaram antes, quando as garotas tinham 7 e 8 anos. Quando elas fizeram 12 e 13 anos, ambas engravidaram do padrasto Ismar Gonçalves de Oliveira. O caso só chegou ao nosso conhecimento no momento em que elas foram consultar e o Conselho Tutelar foi acionado.

Atualmente, elas estão com 16 e 17 anos. O acusado admite ser o pai do filho de garota mais velha”, explicou a delegada Ariadne Elloise Coelho.

Ainda segundo a delegada, o suspeito fugiu assim que o caso foi parar no Conselho Tutelar. “Conseguimos um mandado de prisão, mas não conseguimos localizá-lo. Nos últimos dias, tivemos a informação de que ele teria voltado para Betim e que trabalharia em uma obra”, informou. A delegada avaliou ser prematuro afirmar que a mãe era conivente com os abusos. “O acusado admitiu que teve relações sexuais com as enteadas, quando a mãe se ausentava, e que elas se insinuavam para ele”.

Caso seja condenado, o suspeito pode pegar de oito a 15 anos de prisão por estupro de vulnerável.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave