Han Kook-young promete se espelhar em ídolo coreano

Jogador quer se dedicar ao máximo e não perder nenhuma batalha contra os rivais no meio-campo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O jogador Kim Nam-il, volante da Coreia do Sul na Copa de 2002 seria a fonte de inspiração
Kim Nam-il Oficial/reprodução
O jogador Kim Nam-il, volante da Coreia do Sul na Copa de 2002 seria a fonte de inspiração

Grupo H da Copa do Mundo, tendo como rivais Rússia, Argélia e Bélgica, a Coreia do Sul não é propriamente favorita a uma vaga nas oitavas de final, mas tem condições de, pela segunda vez na história, avançar de fase. E um dos jogadores de confiança do técnico Myung-Bo Hong é o volante Han Kook-young.

Aos 24 anos, Han Kook-Young não é propriamente um jogador de grande técnica com a bola nos pés. Até 2012, estava na segunda divisão da Coreia do Sul, mas, em duas temporadas, não apenas levou o time dele, o Shonan Bellmare, para a elite do país, como conseguiu uma transferência para o Kashiwa Reysol, do Japão, e chegou à seleção para dominar a posição.

A inspiração, segundo ele, é no lendário Kim Nam-il, conhecido na Coreia dO Sul como "Aspirador de Pó". Isso porque, na Copa de 2002, quando a equipe, em casa, foi até a semifinal, o volante não deixava as bolas passarem pelo meio-campo. "Minha meta é se dedicar cada vez mais ao time e não perder nenhuma batalha contra os rivais no meio-campo", explica Kook-young, chamado de "Novo Aspirador de Pó" pela imprensa local.

Nesta quarta-feira, o elenco da Coreia do Sul recebeu folga, a primeira desde que o elenco chegou a Miami, na sexta. Terça-feira, o grupo treinou com dois desfalques: o goleiro Lee Bum-young e o meia Ki Sung-yueng, ambos gripados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave