Xabi Alonso admite Espanha pressionada por bi mundial

Meia da Fúria é a atual campeã do mundo e precisa conviver com expectativa sobre o desempenho que será apresentado em território brasileiro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A seleção espanhola chega ao Brasil como uma das favoritas ao título da Copa do Mundo. Campeã em 2010, na África do Sul, a equipe conta com uma geração um pouco mais envelhecida, é verdade, mas nem isso tira a pressão pela conquista do bi. Para o experiente volante Xabi Alonso, aliás, saber administrar esse peso será fundamental para o sucesso no torneio.

"Temos que saber administrar bem a pressão de defender o título e que ela não nos incomode ou atrapalhe. Creio que a equipe já tem experiência suficiente e sabe jogar esse tipo de campeonato", declarou o jogador em entrevista ao canal de vídeo da casa de apostas Bwin, divulgado nesta quarta-feira.

Atual campeã mundial e bi da Eurocopa, a Espanha não é a única favorita para o Mundial. Pelo menos na visão de Xabi Alonso. "Brasil, Alemanha, Argentina, nós, Itália. São seleções que historicamente podem ter possibilidades, mas hoje em dia está tudo muito igualado e não descarto nenhuma surpresa."

O volante ainda fez uma análise de cada um dos adversários do país na primeira fase. Para começar, a Holanda, adversária da estreia, dia 13 de junho, na Arena Fonte Nova, e principal rival no Grupo B. "A Holanda pode nos colocar em uma situação muito complicada se nos vencer", limitou-se a comentar.

No dia 18, no Maracanã, o encontro será com o Chile, adversário já enfrentado na primeira fase do Mundial de 2010, quando a Espanha venceu por 2 a 1. "Já se passaram quatro anos e tudo que aconteceu não tem tanta importância, já que o Chile é sempre um rival muito incômodo", avaliou.

Por fim, o duelo do dia 23 contra a frágil Austrália, na Arena da Baixada. "Esperamos uma partida difícil. Hoje em dia, o futebol está muito igualado e, se não estiver em seu melhor nível, qualquer equipe pode complicar as coisas. Como sempre, respeito máximo ao rival", afirmou Xabi Alonso.