Prefeito de Taiobeiras decreta situação de emergência após vendaval

Ventos podem ter chegado a 150 km/h; árvores, muros e telhados cederam e 12 pessoas ficaram feridas; falta energia elétrica e sinal de celular

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

O prefeito de Taiobeiras, no Norte de Minas, Danilo Mendes Rodrigues (PSDB), decretou situação de emergência, na manhã desta quarta-feira (4), após um forte vendaval com chuvas, que deixou rastros de destruição pela cidade na tarde dessa terça-feira (3). Durante a madrugada a chuva continuou.

Rodrigues percorre a cidade nesta manhã acompanhado de bombeiros e membros da Defesa Civil para levantar os estragos deixado pela alteração no clima. O temporal durou cerca de 15 minutos e os ventos podem ter passado de 150 km/h, segundo o sargento Luiz Alexandre Nascimento do Corpo de Bombeiros, já que “uma torre de telefonia cedeu e ela aguentaria mais ou menos essa velocidade. Mais ainda teremos o resultado de uma medição mais precisa”, explicou.

Muros e árvores foram derrubados, assim como telhados. Carros ficaram danificados e 12 pessoas tiveram ferimentos leves, sendo encaminhadas para o Hospital Santo Antônio, no centro da cidade. “Foi a primeira vez que aconteceu com essa gravidade, mas há cinco anos já tivemos registro de ventania”, lembrou a secretária do gabinete do prefeito, Ermione Marques Mendes.

Na cidade, há falta energia elétrica em vários pontos e não há sinal de celular. O tempo permanece nublado e a limpeza pelas ruas já começou a ser feita pela prefeitura.