‘Tapeada’ em Confins está quase pronta

iG Minas Gerais | Queila Ariadne |

Decoração do aeroporto ganhou jardins, piso de granito e muitos tapumes
LEO FONTES / O TEMPO
Decoração do aeroporto ganhou jardins, piso de granito e muitos tapumes

Do lado de fora do aeroporto de Confins, até onde há pouco tempo se viam barrancos de terra, placas de grama já foram instaladas. Do lado de dentro, ainda há muito por terminar e muita coisa que não será concluída a tempo da Copa. Para essas, a solução serão os tapumes. E, no esforço de deixar tudo mais bonito para receber os turistas, até eles ganharam novas roupagens. Estão mais limpos, e, em alguns lugares, o compensado foi trocado por um material prateado.

A maquiagem não é novidade. Em abril, durante uma visita às obras do Terminal 1, o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Gustavo Vale, chegou a afirmar que, aquilo que não ficasse pronto para a Copa, seria “tapeado”. Na ocasião, ele disse que a solução seria “tapear as obras” para melhorar a operacionalidade sem terminá-las como um todo.

Mesmo inacabado, Confins está bem mais bonito. O saguão já ganhou piso de granito, cobertura de vidro e jardins. Agora, os operários correm contra o tempo, com jornadas estendidas, trabalhando de domingo a domingo para entregar o máximo que puderem até a próxima sexta-feira. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave