Percepção do país piora com a Copa

iG Minas Gerais |

Brasília. A percepção do brasileiro em relação à situação do país, à conjuntura econômica e ao governo Dilma Rousseff se deteriorou de maneira acentuada em apenas um ano, desde que milhares de pessoas tomaram as ruas para protestar contra a corrupção e a má-qualidade dos serviços públicos, como revela levantamento inédito do Pew Research Center, um dos principais institutos de pesquisa dos EUA.

A radical mudança de humor em um espaço tão curto de tempo é rara, disse Juliana Horowitz, brasileira responsável pelo trabalho. Segundo ela, o Pew Research realizou levantamentos em 82 países desde 2010 e só viu oscilações tão acentuadas em lugares que passaram por crises ou rupturas institucionais, como o Egito. Horowitz ficou surpresa com a magnitude da transformação na opinião pública e atribuiu essa mudança principalmente à piora da situação econômica e ao aumento da inflação. A insatisfação com a realização da Copa do Mundo no Brasil também contribuiu: 61% dos entrevistados responderam que o evento é ruim para o país, por tirar recursos que poderiam ser usados em serviços públicos. Ontem, a presidente Dilma Rousseff afirmou que não aceitará baderna durante a realização da Copa do Mundo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave