PSDB quer aumentar vantagem enquanto PT acredita em virada

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

Apesar de a campanha do PSDB calcular uma vantagem de 4 milhões de votos em Minas em relação à presidente Dilma Rousseff (PT), os tucanos, incluindo o senador e presidenciável Aécio Neves, comemoraram ontem o resultado da pesquisa DataTempo. No melhor cenário do levantamento, o pré-candidato aparece com 45% das intenções de voto, contra 29,1% da petista – na prática, uma diferença de 2,4 milhões de votos entre os dois melhores colocados.

Em nota, Aécio afirmou que os números são um “incentivo para continuar a caminhada”. Para seus correligionários, será mantida a estratégia de dar uma frente de milhões de votos ao senador no Estado. “Sempre apostei em 3 milhões de votos de vantagem, e estamos seguindo neste caminho”, declarou o presidente do PSDB-MG, Marcus Pestana.

Entre os petistas, porém, o resultado da pesquisa DataTempo não causou surpresa nem desestímulo. Para os integrantes do partido, a diferença entre Dilma e Aécio “já era esperada”. “Nosso adversário tem visibilidade sempre positiva. É natural que abra frente. Mas apostamos na propaganda de televisão para tirar essa vantagem”, disse o deputado Reginaldo Lopes. Para Miguel Corrêa, “mostrar as realizações de Dilma voltadas para Minas é o melhor caminho”. 

Foco na TV

Estratégia. Para PT e PSDB, a maior aposta é o início oficial da campanha eleitoral e da propaganda autorizada. “A televisão faz a diferença”, declarou ontem o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave