Professores municipais de São Paulo decidem pelo fim da greve

Categoria aceitou nova proposta da Secretaria Municipal de Ensino, que prevê abono de 15,38% a toda a categoria, aposentados e ativos, em três parcelas, a partir de 2015

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os professores da rede municipal de ensino de São Paulo decidiram pelo fim da greve após 41 dias de paralisação, em assembleia realizada em frente à Câmara Municipal, na tarde desta terça-feira (3).

A categoria aceitou nova proposta da Secretaria Municipal de Ensino, que prevê abono de 15,38% a toda a categoria, aposentados e ativos, em três parcelas, a partir de 2015.

Outra vitória da categoria foi a aprovação de um intervalo de 15 minutos para funcionários que trabalham em creches. Hoje, quem trabalha nas creches do município não tem nenhum intervalo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave