Com apenas dois gols marcados, Pabón se despede do São Paulo

Atacante colombiano marcou o gol da vitória paulista sobre o Atlético-MG na última rodada do Brasileirão antes da Copa

iG Minas Gerais | @agenciaestado |

Contra a Portuguesa, nesta sábado (15), Pabon fará a sua primeira partida na casa do Tricolor
FACEBOOK OFICIAL/SÃO PAULO/DIVULGAÇÃO
Contra a Portuguesa, nesta sábado (15), Pabon fará a sua primeira partida na casa do Tricolor

Durou apenas 18 partidas a trajetória de Dorlán Pabón no São Paulo. Contratado como opção para o ataque são-paulino, o colombiano não empolgou e não renovará o empréstimo - marcou dois gols e deu três assistências. Assim, será devolvido ao Valencia, da Espanha, que deve repassá-lo ao Monterrey, do México, clube que ele já defendeu. "Fico muito contente e agradecido pela oportunidade de jogar em um clube da grandeza do São Paulo, que me abriu as portas do futebol brasileiro", disse o atacante colombiano, em entrevista ao site oficial do São Paulo nesta terça-feira. Segundo atacante de origem, Pabón teve poucas oportunidades para atuar em sua função com a camisa são-paulina e viu a concorrência crescer com as contratações de Alexandre Pato e Alan Kardec. Além do futebol abaixo do esperado, o alto salário do colombiano foi determinante para que o clube não exercesse a prioridade de mantê-lo. A despedida ao menos aconteceu em grande estilo. Foi dele o gol, aos 44 minutos do segundo tempo, que garantiu a vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG, no último sábado, no Morumbi. O resultado, em jogo pela nona rodada do Brasileirão, levou o time à quarta posição com 16 pontos. "Quero agradecer aos diretores, a comissão técnica e principalmente aos meus companheiros e torcedores pela forma como me trataram neste período", finalizou Pabón, na despedida do clube.

Leia tudo sobre: São PauloPabónBrasileirão