Mercearia fornece gratuitamente livros a clientes

Serviço começou há cerca de dois meses e já conquistou leitores de outros bairros

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Junto a legumes, pães e produtos típicos de pequenas mercearias, um comerciante do bairro Padre Eustáquio, na região Noroeste da capital, encontrou uma maneira inusitada de incentivar o hábito da leitura. João Alves, 45, disponibiliza parte de seus livros gratuitamente aos clientes. Aberta há dois meses na rua Coronel José Benjamim, a mercearia-biblioteca Porteirinha funciona em horário comercial e conquistou leitores de outros bairros.

Não há exigências para fazer um empréstimo, é preciso apenas informar os dados pessoais aos proprietários do estabelecimento. “Nunca houve caso de alguém que não devolvesse obras. Pessoas de outros bairros vêm pegar livros emprestados e não há problema”, conta Daniel Lázaro, 22, sócio do estabelecimento e sobrinho de Alves.

O jovem explica que não é preciso nem mesmo fazer uma doação simbólica. No entanto, observa Lázaro, usuários e consumidores começaram a doar exemplares. É o caso do representante comercial Willer Gouveia, um dos mais assíduos, que, após pegar emprestado vários livros de Jorge Amado, doou obras.

Apesar de a mercearia também não marcar data para que o usuário entregue a obra escolhida, os leitores costumam ser rápidos na devolução. “Devolvi ontem mesmo um livro que peguei anteontem”, diz Gouveia. De acordo com Lázaro, cerca de 500 livros já foram catalogados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave