Pais são suspeitos de matar filha de 5 meses asfixiada em Sete Lagoas

Família já era acompanhada pelo Conselho Tutelar; jovens prestaram depoimentos na delegacia e foram liberados porque não havia flagrante

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil investiga a morte de uma menina de 5 meses que foi encontrada morta dentro de casa em Sete Lagoas, na região Central do Estado, no último domingo (1º). Segundo a perícia, a morte foi provocada por asfixia mecânica e os pais podem ser os autores do crime.

Po meio da assessoria de imprensa da corporação, a delegada da Delegacia de Homicídios e Proteção às Pessoas, Mariza Andrade, contou que Mary Janie foi encontrada em um carrinho de bebê com uma colcha grossa por cima.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado pelos pais da criança e o médico constatou que a vítima teve uma parada cardíaca. A família já era acompanhada pelo Conselho Tutelar e haviam denúncias contra o casal por cárcere privado e violência contra a criança.

Após a confirmação da morte, com medo de agressões dos vizinhos, o casal fugiu, mas foi localizado nessa segunda-feira (2). A jovem de 22 anos e o marido de 25 foram conduzidos à delegacia, prestaram depoimentos e foram liberados, uma vez que já havia passado o flagrante.

A delegado não disse se eles confessaram o crime. O corpo da criança foi sepultado nessa segunda.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave