Médico da Itália garante: 'Rossi não está em forma'

Segundo especialista, todos os exames necessários para avaliar as condições do jogador foram feitos antes de se chegar à decisão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

A polêmica exclusão do atacante Giuseppe Rossi do grupo italiano que disputará a Copa do Mundo segue repercutindo. O jogador se recuperou a tempo de uma grave lesão sofrida em janeiro, voltou a atuar pela Fiorentina na reta final do Campeonato Italiano, mas ainda assim foi cortado pelo técnico Cesare Prandelli. Ele se apressou em dizer que estava em forma para disputar o Mundial, mas o médico da seleção desmentiu.

"Do ponto de vista médico, foi muito bom, do ponto de vista físico ele tinha se recuperado. Ninguém nunca negou isso. Mas ele não está na melhor condição, não está em forma, ficou claro para todos. Então, as decisões foram tomadas. Não é fácil técnica, física e psicologicamente, mas tudo foi feito sem a menor da superficialidade. Examinamos tudo o que deveríamos", disse Enrico Castellacci.

Rossi precisou passar por cirurgia no joelho direito em janeiro, depois de sofrer um estiramento de segundo grau no ligamento medial colateral. Mesmo com o pouco tempo até a Copa do Mundo, o atacante se recuperou e marcou dois gols nos quatro jogos finais da Fiorentina no Campeonato Italiano.

O desempenho foi suficiente para que ele fosse incluído na pré-convocação de 30 nomes para a Copa do Mundo. Rossi inclusive foi titular no empate por 0 a 0 em amistoso em Londres, contra a Irlanda, no último sábado, e atuou 71 minutos, mas, pelo jeito, não passou no teste.

Sem Rossi, a Itália vai estrear no Grupo D da Copa contra a Inglaterra, em 14 de junho, na Arena Amazônia, em Manaus. Cinco dias depois, jogará contra a Costa Rica, na Arena Pernambuco, no Recife. O último jogo dos italianos na primeira fase será contra o Uruguai, no dia 24, na Arena das Dunas, em Natal.

Leia tudo sobre: medicodizrossinaobemitaliacopa do mundo