Palmeiras vai priorizar argentinos indicados por Gareca

Fernando Tobio e Lucas Pratto receberão atenções especiais nas negociações; dupla já trabalhou com treinador argentino

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Lucas Pratto, do Vélez, é advertido por Pitana em jogo do campeonato argentino, em 2012
Victor R. Caivano/AP - 19.11.2012
Lucas Pratto, do Vélez, é advertido por Pitana em jogo do campeonato argentino, em 2012

O Palmeiras trata as contratações de Fernando Tobio e Lucas Pratto como prioridades e espera sacramentar os dois acordos ainda durante a Copa do Mundo. Os dois contam com o aval e a indicação de Ricardo Gareca, que trabalhou com a dupla no Vélez Sarsfield, e as conversas estão em situações bem distintas, mas a confiança entre os dirigentes é grande em um desfecho feliz nas negociações.

Tobio tem contrato até o fim de junho e já mantém conversas adiantadas em relação a salário. Como já está livre para acertar com outro clube, o que pode dificultar o acerto é a possibilidade de algum time aparecer nos próximos dias e oferecer uma proposta tentadora. Por isso, o Palmeiras corre para tentar acertar tudo até o começo da semana que vem.

Em relação a Pratto, o clube conta com a forte concorrência do Valencia, que quer comprar 100% dos direitos federativos do atleta. O time espanhol ofereceu 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 13,8 milhões), valor não aceito pelos argentinos, que querem 5 milhões de euros (aproximadamente R$ 15,4 milhões).

O Palmeiras fez uma proposta por 50% dos direitos e pela metade do que quer o Vélez, mas o negócio não foi adiante. O time argentino quer negociar 100% e exige que a conversa seja feita pessoalmente. O Palmeiras enviou a proposta por fax.

A vontade de Pratto em voltar a trabalhar com Gareca, entretanto pode ajudar - e, caso o Palmeiras consiga igualar o que foi oferecido pelo Valencia, pode conseguir contratar o atacante.

Leia tudo sobre: futebolgarecapalmeirasnegociaçãoreforçoslucas prattofernando tobiovalencia