Síria inicia eleições presidenciais nesta terça-feira

O processo eleitoral ocorre em meio a uma guerra civil de três anos, na qual ativistas dizem ter resultado na morte de mais de 160 mil pessoas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Síria deu início às eleições presidenciais em meio a um forte esquema de segurança e com uma ampla expectativa de que Bashar Assad vença. As seções irão fechar às 13h00 (de Brasília).

O processo eleitoral ocorre em meio a uma guerra civil de três anos, na qual ativistas dizem ter resultado na morte de mais de 160 mil pessoas.

Essa é a primeira eleição com mais de um candidato na Síria em mais de 40 anos. A oposição e críticos do governo denunciaram o processo como uma farsa. Os dois principais grupos de oposição estão boicotando, e muitos ativistas chamam o processo de "eleições sangrentas".

A votação somente ocorre nos locais ocupados pelo governo sírio. Parte do norte e do leste do país está sob controle dos rebeldes.

Assad, que concorre para o terceiro mandato de sete anos, enfrenta dois candidatos aprovados pelo governo: Maher Hajjar e Hassan al-Nouri. Até anunciarem a candidatura em abril, eles eram poucos conhecidos na Síria.