Alunos ficam no prejuízo

iG Minas Gerais |

Na academia Gaff Studio BH, no bairro Cidade Nova, os clientes com atividades marcadas para o dia 12 de junho terão que remarcar. “Não tem como funcionar sem chuveiro quente, som e ventilador numa academia. Não devemos funcionar no dia”, diz o sócio da academia Carlos Rodrigo Lisboa. Para ele, o dia da abertura da Copa será um dia perdido de trabalho. “O comércio e as residências ficarão sem energia”, observa. (JG)

Leia tudo sobre: ACADEMIASEM LUZPREJUÍZO