Murray vence e pegará Monfils nas quartas em Paris

Tenista britânico confirmou o favoritismo tanto no torneio quanto no confronto particular com Verdasco

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Andy Murray foi empurrado pela torcida britânica na quadra central do All England Club
DIVULGAÇÃO/WIMBLEDON
Andy Murray foi empurrado pela torcida britânica na quadra central do All England Club

Andy Murray sofreu um pouco, mas venceu o espanhol Fernando Verdasco por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/5 e 7/6 (7/3), nesta segunda-feira, e garantiu vaga nas quartas de final de Roland Garros. Sétimo cabeça de chave do Grand Slam francês, o tenista britânico se credenciou para enfrentar na próxima fase da competição o francês Gael Monfils, que horas mais cedo arrasou o espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 6/0, 6/2 e 7/5.

Atual oitavo colocado do ranking mundial, Murray conquistou nesta segunda a sua décima vitória em 11 jogos com Verdasco, que no confronto anterior entre os dois havia sido batido em Wimbledon durante a campanha que levou o escocês ao título do Grand Slam inglês.

Embora tenha vencido em sets diretos um rival que é considerado um velho freguês no circuito profissional, Murray não teve moleza em nenhuma das parciais do confronto. Na primeira delas, chegou a ter o saque quebrado uma vez pelo espanhol, mas compensou o fato ao converter dois de quatro break points para fazer 6/4.

No segundo set, desta vez sem ter o serviço ameaçado nenhuma vez o britânico foi feliz em uma das três chances de ganhar games no saque do rival para fazer 7/5.

Já na derradeira parcial do duelo, Murray conseguiu uma quebra primeiro e parecia partir tranquilo rumo ao triunfo, mas viu o espanhol converter um break point, endurecer o jogo e levar a disputa ao tie-break. No desempate, logo de cara o tenista de Dunblane abriu 3/0, mas Verdasco empatou em 3/3 na sequência, antes de seu adversário voltar a deslanchar, fazer quatro pontos seguidos e fechar em 7/3.

Contra Monfils, ex-top 10 que hoje ocupa a 28ª posição da ATP, Murray travará o sexto confronto, sendo que o francês levou a melhor em dois dos cinco disputados até hoje. A última vez que os dois se enfrentaram foi justamente em Paris, em 2010, quando o tenista da casa triunfou por 2 sets a 1 no Masters 1000 local.

DUPLAS - O dia de confrontos em Roland Garros também contou nesta segunda-feira com a eliminação dos irmãos Bob e Mike Bryan do torneio de duplas masculinas. Líderes do ranking mundial e atuais campeões do Grand Slam francês, eles caíram diante dos espanhóis Marcel Granollers e Marc Lopez, que venceram por 2 sets a 0, com 6/4 e 6/2.

Depois de eliminarem os principais favoritos da competição, a parceria da Espanha terá pela frente na próxima fase o croata Marin Draganja e o romeno Florin Mergea, que horas mais cedo derrotaram o canadense Daniel Nestor e o sérvio Nenad Zimonjic, cabeças de chave número 3, por 2 sets a 1, com 6/7 (2/7), 6/3 e 7/6 (7/5).

Leia tudo sobre: tenismurraymonfilsroland garrosparis