Escolas fazem trabalho de prevenção contra a dengue em Minas

Debates em sala de aula, atenção com as dependências da escola e caminhadas são algumas das ações realizadas

iG Minas Gerais | Da redação |

Alunos do Padre Lebret fizeram uma caminhada no bairro, após apresentação dos projetos contra a dengue
SES/Divulgação
Alunos do Padre Lebret fizeram uma caminhada no bairro, após apresentação dos projetos contra a dengue

Cuidados simples que podem trazer grandes benefícios. É isso que os alunos das escolas estaduais mineiras vêm aprendendo com as ações de prevenção e de combate à dengue. Debates em sala de aula, atenção redobrada com as dependências da escola e caminhadas são algumas das ações realizadas.

Na Escola Estadual Padre Lebret, na região Norte de Belo Horizonte, as ações de combate à dengue são tradição. Todos os anos, a escola se mobiliza para conscientizar os alunos e servidores sobre a importância da prevenção. Este ano, o projeto "Todos contra a Dengue" mobilizou pais e alunos.

“O trabalho começa estudando o mosquito. No 1º ano do ensino fundamental, por exemplo, fazemos um trabalho de alfabetização e letramento com palavras chaves, como mosquito, dengue e pneus. Além disso, temos um CD de uma historinha sobre uma cidade que queria acabar com a Dengue que também passamos para eles. Cada turma fez um trabalho especifico e a culminância foi a caminhada no entorno da escola”, conta a professora do 1º ano do ensino fundamental, Silvia Mara Justino.

A educadora ressalta ainda a importância da escola no processo de conscientização. “Todo ano, nesse período, já começamos a desenvolver trabalhos contra a dengue. Aqui temos alunos de vários bairros e por isso o trabalho vai se ramificando e atingindo grandes proporções”, conclui.

Durante a passeata realizada pelos servidores da escola, alunos e pais, foram apresentados cartazes e faixas. Além disso, a bandinha da escola também acompanhou a passeata.  A aluna do 5º ano do ensino fundamental, Mariana Luisa Assunção dos Santos, fez uma redação. Em seu texto, a estudante ressaltou os cuidados com a dengue.

“Falei que a dengue é uma doença transmitida por um mosquito e que para evitá-la devemos deixar as garrafas de boca para baixo, tirar água dos pneus e as caixas d’água tampadas”, ressalta.

Ação no interior

Na Escola Estadual Abílio Neves, em Campo Belo, na região Oeste de Minas Gerais, uma passeata também foi utilizada para conscientizar a comunidade escolar. Com o tema ‘Se Você Agir Podemos Evitar’ ao longo do mês de março, os alunos participaram de diferentes atividades com foco na prevenção contra a dengue.

“Observamos que muitas pessoas do nosso município estavam sendo contaminadas, por isso, resolvemos criar o projeto. Tudo começou com uma pesquisa, onde os alunos estudaram sobre as causas da doença, cuidados, sintomas, entre outros. Para a culminância fizemos uma passeata pelas principais ruas do entorno da escola”, ressalta o professor de educação física, Carlos Alberto de Carvalho.

Durante a passeata, o aluno do 5º ano do ensino fundamental, Kauã Antônio de Lima Arrudas, se vestiu de mosquitinho para conscientizar os moradores. “Achei muito legal participar da passeata fantasiado. Brincava com as pessoas que ia picá-los e falava dos cuidados que devemos ter”, conta.

Leia tudo sobre: dengueministério da saúdeescolaalunoscaminhadaprevenção