México promete 'determinação' e correria contra o Brasil

Equipe da América do Norte tem a fama de complicar jogos contra seleção brasileira

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A seleção brasileira terá que suar muito se quiser vencer o México na Copa do Mundo, avisou o técnico Miguel Herrera nesta segunda-feira. O comandante mexicano prometeu muita "determinação", "gana" e correria para superar o favoritismo dos brasileiros e neutralizar o "talentoso" Neymar.

"Sem dúvida nós crescemos diante dos adversários mais fortes. Isso sempre aconteceu. Geralmente jogamos bem contra o Brasil", disse o treinador, lembrando da final olímpica em Londres - no ano passado, o time brasileiro, com Neymar e Oscar, ficou com a prata após perder na decisão para o México.

Herrera confirma o favoritismo do Brasil, mas acredita que poderá surpreender. "Precisarmos ter a consciência de que vamos jogar contra o anfitrião, o mais forte segundo a história, mas temos de dar tudo em campo. Eles deverão ter cuidado com a nossa entrega e determinação. Vamos entrar em todas as divididas com gana de que a bola seja nossa. Certamente vamos correr muito mais do que eles, porque para ganhar precisamos correr".

A correria será o mantra dos mexicanos, segundo o treinador, para evitar o toque de bola e as investidas ofensivas do Brasil. "Eles têm jogadores que sabem o que fazer com a bola, que desequilibram facilmente e que podem passar por um ou dois jogadores: Neymar, Hulk... Eu poderia citar quatro, cinco ou seis atletas que podem desequilibrar. Mas se fizermos o 'dois contra um' em todos os setores do campo, ou dermos poucos espaços, creio que teremos boas chances de ganhar".