Prefeitura não comparece a audiência que debateu greve dos servidores

Segundo a assessoria da PBH, negociação com as categorias já está sendo realizada; greve teve início no mês passado e não tem previsão de ser encerrada

iG Minas Gerais | Da Redação |

Com o objetivo de discutir o impasse entre representantes da da Administração Pública e os trabalhadores da Prefeitura de Belo Horizonte, em greve desde o início de maio, vereadores ligados à Comissão de Administração Pública da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) solicitaram uma audiência pública para a manhã desta segunda-feira (2).

Representantes das diversas entidades sindicais que integram a Campanha Salarial 2014 e a Greve Geral dos servidores públicos municipais de Belo Horizonte compareceram à reunião. No entanto, apesar de convidado pelo Legislativo Municipal, nenhum representante da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) esteve presente ao debate.   

A assessoria da PBH informou que as negociações com as categorias estão acontecendo.

Greve Geral 

Na última semana, servidores da Saúde Pública municipal e da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) decidiram, em assembleias específicas, aceitar a proposta de 7% de reajuste e aumento do vale-refeição para R$ 18,50 por dia, além de outras demandas ligadas à pauta específica de reivindicações das duas categorias, e retornaram às atividades encerrando sua participação na Greve Geral do funcionalismo municipal. Na próxima quarta-feira (4), as demais categorias irão se reunir em Assembleia Geral Unificada, na porta da PBH, para definir a continuidade do movimento.