Felipão adia visita a santuário para ficar com atletas

Treinador da seleção brasileira criticou último treino feito na Granja Comary

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipão voltou a sorrir na manhã desta segunda-feira, mas isso nada tem a ver com a seleção brasileira. É que o técnico recebeu a notícia da mulher, dona Olga, de que será vovô de um menino. É seu primeiro neto, filho de Leonardo. O treinador adiou sua visita ao Santuário Divino Pai Eterno, de Trindade, cerca de 18 quilômetros de Goiânia, que queria fazer nesta segunda-feira, para ficar mais com os jogadores.

Felipão tem aproveitado o tempo sem atividade no campo para mostrar vídeos dos adversários da Copa aos atletas. Após o trabalho do último domingo, avaliado negativamente por ele, sobretudo o setor defensivo da seleção, o treinador já entendeu que precisa repassar algumas orientações ao grupo.

Ao dizer que "tudo estava errado" no coletivo, Felipão mandou seu recado, de modo a criar no ambiente da seleção um pouco mais de pressão no sentido de fazer com que todos trabalhem e "mordam" mais do que vinham fazendo. O treinador talvez tenha detectado um clima de muita paz e cordialidade no elenco. Acha isso importante, mas quer que o time treine para valer.

No último domingo, o comandante reclamou de muita liberdade dada aos atacantes e homens do meio de campo. Willian e Hulk, que jogaram na formação reserva no coletivo, destruíram a zaga principal. Isso deixou o treinador bufando.

Felipão quer a seleção com mais pegada já a partir do amistoso desta terça contra o Panamá, no Serra Dourada, que será o penúltimo antes da estreia da Copa, em 12 de junho, contra a Croácia, no Itaquerão. Na sexta-feira os brasileiros irão pegar a Sérvia, no Morumbi, no teste final visando a competição.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave