Felipão revela que será avô e brinca: 'Vai ser craque'

Em sua chegada à Goiânia, comandante brasileiro, que terá seu primeiro neto, brincou: 'o menino já chuta bem'

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipão anuncia convocação da seleção brasileira para a Copa do Mundo nesta quarta
Mowa Press
Felipão anuncia convocação da seleção brasileira para a Copa do Mundo nesta quarta

Luiz Felipe Scolari vai ser avô. Será seu primeiro neto. Numa conversa rápida com os jornalistas na manhã desta segunda-feira, em Goiânia, no saguão do hotel em que a seleção brasileira está hospedada para o jogo com o Panamá, amistoso que vai ser realizado nesta terça-feira no Estádio Serra Dourada, ele revelou que a esposa de seu filho Leonardo está grávida. "O menino já chuta bem", disse o técnico, com expressão de felicidade. "E com meu acompanhamento vai ser craque", completou, sem dar mais detalhes.

A primeira manhã da seleção brasileira em Goiânia foi bastante tranquila. Sem atividade, os jogadores deixaram seus quartos apenas para o café e não tiveram contato com outros hóspedes do hotel onde a delegação está instalada. Felipão desceu até o saguão, por volta das 11 horas, em companhia do auxiliar Flávio Murtosa, para encontrar um amigo.

Alguns hóspedes aproveitaram para pedir autógrafos e tirar fotos com o treinador, que atendeu todos, embora deixasse claro que precisava de um tempo "para encontrar um amigo que não vejo há 20 anos". Antes do encontro, bateu rápido papo com alguns repórteres.

Pouco depois, o zagueiro Dante apareceu na área dos elevadores e houve corre-corre de hóspedes, em busca de autógrafos e, principalmente, fotos. Vários foram atendidos. A segurança do hotel está sendo feita por agentes particulares e também policiais, estes disfarçados. Do lado de fora, um pequeno grupo que não chega a 50 pessoas tenta ter um contato ou apenas ver os jogadores. Mas não há entusiasmo. Eles esperam em silêncio. A organização colocou grades para "filtrar" o acesso das pessoas, mas até o momento não houve incidentes.

Na praça que fica a cerca de 50 metros do hotel, 15 policiais militares, divididos em trio, tomam conta do lugar. Como o clima é de absoluta tranquilidade, eles gastam o tempo conversando. Nas ruas, a presença da seleção é praticamente ignorada. Não há alusão em casas e pontos comerciais. No percurso de cerca de 1,5 quilômetro entre o hotel em que hospeda e a base da seleção, a reportagem observou apenas dois carros com bandeiras do Brasil no capô.

Também não há manifestações em frente ao hotel, pelo menos até agora, como era prometido. Em Goiânia, há várias categorias em greve, como os professores municipais.

Nesta tarde de segunda-feira, às 16 horas, haverá treino no Serra Dourada, a única atividade aberta ao público programada pela seleção neste período de preparação para Copa do Mundo. No total, serão distribuídos 20 mil ingressos aos torcedores.

Leia tudo sobre: felipãoavôcomandantegoiânianetogravidez