Abel se diz 'orgulhoso' com atuação do Inter em empate

Treinador disse que equipe mereceu a vitória no jogo contra o Fluminense, em Macaé

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Abel Braga adotou o mistério na preparação do Inter para o clássico com o Grêmio
Reprodução/Internacional
Abel Braga adotou o mistério na preparação do Inter para o clássico com o Grêmio

O Internacional ficou no empate por 1 a 1 diante do Fluminense no último domingo, em Macaé, e agradou o técnico Abel Braga. Mesmo tendo cedido a igualdade, após sair na frente, o time gaúcho se comportou como o treinador queria. Por isso, ele se disse "orgulhoso" e garantiu que a equipe era merecedora da vitória.

"Como dá orgulho para o treinador chegar na hora do jogo com um time forte como o Fluminense e a gente conseguir jogar melhor", declarou. "Acho que faltou fazer o gol, porque é uma grande equipe, tem um coletivo muito forte. Viemos sem cinco titulares e fomos melhores. Se tivesse um vencedor, seria a gente."

Abel só lamentou as chances perdidas pelos seus comandados. "Sabíamos da força do Fluminense, fizemos uma recomposição muito forte, muito boa, para tirar o número de finalizações que eles fazem de fora da área. Em alguns momentos faltou a gente acreditar um pouco. Tivemos algumas chances com o Cláudio Winck, com o Valdivia", comentou.

Autor do gol do Inter, Jorge Henrique foi o mais elogiado por Abel Braga. O treinador não escondeu a satisfação pela atuação do jogador, que voltou a jogar na posição de ofício, como atacante, e soube se aproveitar dos espaços deixados no lado direito do ataque com os constantes apoios de Carlinhos.

"É um jogador taticamente acima da média. O que treinamos ontem (sábado), porque a equipe do Fluminense joga alta, ele fez de forma brilhante duas vezes. Na outra, a bola não foi metida na direção do gol. E para aproveitar esse lado esquerdo do Fluminense, que é muito forte ofensivamente, tinha que ser um jogador experiente. No primeiro tempo ainda tomou um pisão no pé não ia voltar mas voltou e aguentou uns 20 minutos. Mostrou que é um cara que a gente pode contar, um profissional", exaltou.

Leia tudo sobre: abel bragainterfluminensemacaévaldiviaempatebrasileirão