Liverpool contrata atacante Lambert, da seleção inglesa

Atacante já passou pelas categorias do clube dos Reds, mas não teve muitas chances; clube pagou 4 milhões de libras ao Southampton

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

Se o mundo do futebol está todo voltado para a Copa do Mundo no Brasil, os clubes do País e internacionais estão aproveitando a pausa nas competições locais para tratar de negociações. Nesta segunda-feira foi a vez do Liverpool acertar a contratação de um novo reforço para a temporada 2014/2015. Trata-se do atacante Rickie Lambert, que estava no Southampton.

O Liverpool pagou 4 milhões de libras (cerca de R$ 15 milhões) para acertar com o atacante de 32 anos. Lambert é uma das peças do técnico Roy Hodgson para reforçar o setor ofensivo da seleção inglesa que vem ao Brasil para disputar a Copa do Mundo, e deve ficar como opção no banco, atrás de nomes como Rooney, Sturridge e Welbeck.

Lambert passou pelo Liverpool nas categorias de base, aos 15 anos, mas não teve as oportunidades que desejava e acabou saindo. Ele rodou por diversos clubes de divisões inferiores - Blackpool, Macclesfield Town, Stockport County, Rochdale e Bristol Rovers - até chegar ao Southampton em 2009.

"Não posso acreditar nisso! Eu amei esse clube pela minha vida toda. Saí daqui há 17 anos e nunca deixei de amar desde então. Eu sempre sonhei em jogar pelo Liverpool, mas achei que a chance de jogar aqui já tinha ido. Não achei que a chance viria", celebrou o atacante. "Sei quão grande o Liverpool é, significa tudo para mim."

Somente depois dos 30 anos, no entanto, Lambert finalmente passou a viver o melhor momento de sua carreira. Ele chega ao Liverpool para ser uma opção para um ataque de sucesso, que marcou 101 gols no último Campeonato Inglês, no qual terminou em segundo, atrás do Manchester City, e garantiu a volta para a Liga dos Campeões.

"Eu vi Rickie Lambert ao longo dos anos e ele é um daqueles jogadores que provavelmente nunca recebeu o reconhecimento como jogador que merecia. Somente mais tarde em sua carreira, com 29, 30, 31 anos, que as pessoas passaram a focar nas suas qualidades. Ele provavelmente era visto como um tradicional camisa 9, um centroavante britânico que é bom pelo alto", disse o técnico do Liverpool, Brendan Rodgers.

Leia tudo sobre: liverpoollambertseleção inglesasouthamtoncontratação