Santos marca no início e segura vitória contra o Criciúma

Equipe paulista conseguiu o triunfo em São Bernardo do Campo mesmo com vários desfalques por lesão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Santos teve um primeiro tempo tranquilo e uma segunda etapa em que foi pressionado na noite deste domingo, mas conseguiu garantir a vitória sobre o Criciúma por 2 a 0, graças aos dois gols marcados logo no começo. O jogo foi disputado no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, pela nona rodada do Brasileirão.

Assim, o Santos conseguiu vencer mesmo com vários desfalques. Leandro Damião, Thiago Ribeiro, Rildo, Stefano, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson, todos lesionados, além de Mena, convocado pela seleção chilena, Alison, atuando pela seleção brasileira Sub-21, e Alan Santos, suspenso, não puderam jogar neste domingo.

Com a Vila Belmiro cedida à Fifa por causa da Copa do Mundo, a vitória por 2 a 0 foi em São Bernardo do Campo, deixando o Santos com 14 pontos, na luta para se aproximar do G4 do Brasileirão. Já o Criciúma estacionou nos 11 pontos.

O JOGO - O Santos começou marcando forte e deixou o adversário em dificuldades de sair para o ataque. Sob pressão, o Criciúma falhou em uma saída de bola e deu a chance para o primeiro gol santista. Aos 10 minutos, Arouca roubou a bola e lançou Gabriel, que, cara a cara com o goleiro, chutou sem chances de defesa - assim, marcou pela primeira vez com a camisa do Santos em sua cidade natal.

Menos de dez minutos depois, o Santos voltou a marcar em uma jogada parecida. Arouca roubou a bola no meio e tocou para Gabriel, que, desta vez, deixou Diego Cardoso livre para empurrar para as redes e ampliar o placar em São Bernardo.

Depois de sofrer o segundo gol e com a obrigação de atacar, o time catarinense passou a arriscar mais e teve chances em cobranças de falta de Paulo Baier. No entanto, a defesa santista não deu muito espaço aos adversários. Além disso, o visitante tem o segundo pior ataque do Campeonato Brasileiro e mandou muitas bolas para longe do gol.

Na volta do intervalo, o Criciúma esteve melhor e conseguiu chegar mais vezes ao ataque, mas sem finalizar com precisão. A marcação mais apertada dificultou o ataque santista e, durante toda a segunda etapa, a pressão por parte da equipe catarinense era forte, deixando a impressão de que o resultado ainda estava aberto, mas ninguém mexeu no marcador.

Com um segundo tempo morno, sem grandes jogadas, o Santos segurou o resultado e contou com a inferioridade técnica do Criciúma para garantir a vitória. Mesmo sem uma atuação brilhante na segunda etapa, o torcedor santista comemorou a vitória em São Bernardo do Campo.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 X 0 CRICIÚMA

SANTOS - Aranha; Cicinho, David Braz, Jubal e Zé Carlos; Arouca Renato (Leandrinho) e Lucas Lima; Jorge Eduardo, Diego Cardoso (Geuvânio) e Gabriel (Giva). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

CRICIÚMA - Luiz; Eduardo, Escudero, Fábio Ferreira e Cortês; Serginho, Rodrigo Souza, João Vitor (Wellington Bruno) e Paulo Baier (Giovanni); Lucca e Ricardinho (Maurinho). Técnico: Wagner Lopes.

GOLS - Gabriel, aos 10, e Diego Cardoso, aos 17 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Paulo Schleich Vollkopf.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Souza, João Vitor, Cicinho, Lucca e Aranha.

RENDA - R$ 77.100,00.

PÚBLICO - 5.136 pagantes.

LOCAL - Estádio Primeiro de Maio, São Bernardo do Campo.

Leia tudo sobre: santoscriciumacampeonato brasileiro